O poder da Alimentação

Por Doutor FADLO FRAIGE FILHO | Artigos

jun 13

O poder da alimentação

Todos nós sabemos que a energia que temos para realizar atividades simples como andar, dormir, dirigir e até mesmo para respirar, vem dos alimentos. Nossa saúde depende em grande parte de nossas escolhas alimentares.

Infelizmente, o padrão de beleza que é imposto pela sociedade moderna faz com que olhemos para a alimentação de uma maneira errada, como se não pudéssemos comer para não ganhar peso ou como se pudéssemos comer somente alimentos de muito baixo valor energético para eliminar a terrível gordura que assusta a todos, crianças, adolescentes, adultos e idosos.

Mas podemos olhar para os alimentos de uma maneira diferente. Podemos olhar e agradecer a possibilidade de podermos comer e de escolher o que comemos. O segredo para manter a saúde são as nossas escolhas alimentares. Mas essas escolhas devem ser feitas de maneira consciente tendo como base conceitos corretos e cientificamente provados.

Assim vamos rapidamente nessas poucas linhas falar sobre os nutrientes e sua importância para a saúde.

Os nutrientes são divididos em carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas, minerais e água. As calorias que nosso organismo utiliza provêm do metabolismo orgânico ou da utilização que nosso organismo faz a partir dos carboidratos, das gorduras e das proteínas.  Vitaminas, minerais e água não fornecem energia ao nosso organismo, mas, são essenciais para vários processos orgânicos. Assim todos os nutrientes são necessários e as carências de nutrientes podem desencadear doenças.

Portanto, nosso corpo funciona com as calorias que ingerimos. Se ingerimos além do que gastamos nosso corpo armazena essa energia na forma de gordura. Se ingerimos menos do que gastamos nosso corpo queima nossas reservas corporais e nesse caso ocorre perda de peso.

Esse equilíbrio é bastante sútil e muitas vezes fingimos não perceber o comando do nosso corpo e ingerimos mais alimentos do que efetivamente precisamos.

Os carboidratos representados pelos pães, cereais, massas, frutas são necessários para fornecer energia rapidamente assimilável pelo nosso organismo. Mantêm nosso cérebro ativo e permite que todas as células obtenham energia para o seu funcionamento. É necessário ingerirmos os carboidratos diariamente, entretanto, podemos optar por carboidratos ricos em fibras. Por conta das fibras que não são digeridas pelo nosso organismo, os carboidratos ricos em fibras apresentam uma elevação menor da glicemia sanguínea durante a sua absorção sendo muito recomendados. Ademais, as fibras atuam no intestino grosso por ação da nossa microbiota permitindo fortalecimento do intestino e de nosso sistema imunológico. Doces podem nos fornecer além dos carboidratos na forma de açúcar, proteínas e gorduras. São ricos em calorias, assim devem ser ingeridos com cautela.

As proteínas são consideradas alimentos nobres porque são nutrientes que constroem ou repõem células, tecidos. Garantem a força muscular esquelética e de outros músculos envolvidos com o funcionamento geral do organismo. Encontramos as proteínas em produtos animais: carnes em geral (bovina, de aves, peixes), ovos, leite e substitutos; e em produtos vegetais: soja, feijão, grão-de-bico, lentilha, oleaginosas. A ingestão diária de proteínas é essencial para a saúde.

As gorduras são representadas em nossa alimentação pelos óleos vegetais, que são líquidos à temperatura ambiente, e pelas gorduras sólidas à temperatura ambiente como manteiga, banha e gorduras das carnes, pele de frango. Os óleos vegetais são gorduras boas para a nossa saúde e devem ser ingeridos diariamente em determinada quantidade. As gorduras na forma sólida são gorduras saturadas e que não fazem bem para a nossa saúde quanto ingeridas em quantidade maior do que o necessário.

As gorduras da nossa alimentação tem uma capacidade de fornecer muita energia. São essenciais, fazem parte de todas as células e são fundamentais para que nosso organismo produza hormônios. Entretanto, a ingestão deve ser controlada para que nosso peso corporal não suba acima do recomendado.

A água é um nutriente importantíssimo para a nossa saúde física e mental. Ela auxilia o nosso corpo em todos os processos que nos mantem vivos. Não fornece nenhuma caloria, mas sua ingestão diária é fundamental.

As vitaminas e os minerais estão distribuídos nos vegetais, hortaliças e nas frutas. São vários e regulam as funções orgânicas. Com exceção das frutas, as vitaminas e minerais dos vegetais tem muito baixa caloria. Sua ingestão diária se faz necessário.

Assim, diante do exposto os alimentos são nossa grande riqueza. Podemos comer, devemos comer e devemos ter prazer em comer. O importante é nos alimentarmos corretamente e em quantidades adequadas.

Viviane Chaer Borges Hafez

Nutricionista Clínica

Doutora em Ciências da Saúde pela Unifesp

Sobre o autor

>